Homepage

Plataforma de Criação Artística Inclusiva

© Paulo Pimenta / “Calígula Morreu. Eu não” / Co-produção Teatro Nacional D. Maria II (Portugal) e Centro Dramático Nacional (Espanha) 2021
A Terra Amarela não é apenas uma estrutura de criação artística. É um espaço de transformação, de oportunidade, de transgressão. É um espaço coletivo que pretende mudar a relação das pessoas e dos territórios a partir do encontro com a criação artística.
© Paulo Pimenta / Projecto “Como Desenhar Uma Cidade?” /Projecto Partis Fundação Calouste Gulbenkian

A Terra Amarela é uma estrutura fundada em Abril de 2018, com direção artística do ator e encenador Marco Paiva. Da fundação da Terra Amarela fazem ainda parte um conjunto de artistas provenientes de diversas linguagens criativas, bem como outros profissionais ligados às práticas artísticas, culturais e sociais.

Na Terra Amarela procuramos novas formas de ver o Mundo, através da criação, da prática e da fruição cultural e artística.

Notícias

No palco da Sala Garrett

Em 2005 quando entrei pela primeira vez no palco da Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II, para me estrear profissionalmente como ator, desejei que aquela fosse a primeira de muitas vezes que o meu coração disparasse ao ver aquele imenso pano vermelho desvendar uma sala absolutamente maravilhosa. E foi. Naquela sala e naqueleContinue a ler “No palco da Sala Garrett”


Agenda

  • 25 a 28 de Maio
    Oficina de Criação Teatral “Territórios Poéticos” /Teatro Maria Guerrero, CDN Madrid
  • 25 de Setembro
    Espectáculo “Aldebarã” /Seminário / Oficina de Criação / O Teatrão, Coimbra
  • 2 de Outubro
    Apresentação do Projecto “Como Desenhar Uma Cidade” / Auditório Conservatório Bonfim, Braga

Ver


Ouvir

3.º episódio do Podcast “Riachar por aí” dedicado aos temas e às problemáticas do “Direito À Cidade, Democracia Participativa e Transformação Social” com a participação de Marco Paiva.

Uma conversa sobre arte inclusiva atualmente na perspectiva de dois convidados incríveis, Marco Paiva e Maria Vlachou.


Subscrever

a processar…
Obrigado. Até já!